"Só não se perca ao entrar no meu infinito particular"



Prazer, Lu.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

É feio

Thaís Oliveira, refletindo com meus botões sobre a sua reflexão: “Comer de boca aberta é feio, mas abrir a boca com a mente fechada é ainda mais feio”. Só que isso não é tudo.

Abrir a boca pra falar o desnecessário ou tentar ser quem você não é também é estúpido, além de muito mais feio.

Fazer ligação a cobrar também é feio. Mas gastar com ligações para demonstrar uma gentileza que não lhe pertence é jogar dinheiro fora, burrice.

Enviar mensagem fora de hora é feio. Mas gastar horas com mensagens que no final só servem pra comprovar que foi “papo furado”, é tolice.

Eu também falo pelos cotovelos, chego a tropeçar na língua muitas vezes, mas tento evitar essas situações de “boca abertíce”.

É preferível passar vergonha lambendo os dedos a pensar que fará alguém de bobo, é vergonhoso.


 “Às vezes é melhor ficar quieto e parecer um idiota a abrir a boca e dar toda certeza.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário