"Só não se perca ao entrar no meu infinito particular"



Prazer, Lu.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

INVEJA

Quando escreveu “Inveja – Mal secreto”, o jornalista Zuenir Ventura, conhecia bem o assunto:

“CIÚME é querer manter o que se tem; COBIÇA é querer o que não se tem; INVEJA é não querer que o outro tenha. O ÓDIO espuma. A PREGUIÇA se derrama. A GULA engorda. A AVAREZA acumula. A LUXÚRIA se oferece. O ORGULHO brilha. Só a INVEJA se esconde.”

É sorrateira e silenciosamente que o invejoso age. É uma espécie de jogador, que para ele, o resultado que vale não é o que ele ganha, mas o que o outro perde.

Conhecimento e sabedoria é tudo! Tudo que nunca e nem ninguém poderá nos roubar. Nem mesmo a INVEJA. Ou seja, se você entender essa premissa, basta para não ser um perdedor. #fica a dica#

Nenhum comentário:

Postar um comentário