"Só não se perca ao entrar no meu infinito particular"



Prazer, Lu.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A mulher e a patroa.


Há homens que têm patroa. Ela sempre está em casa quando ele chega do trabalho. O jantar é rapidamente servido a mesa. Ela recebe um apertao na bochecha. A patroa pode ser jovem e bonita, mas tem uma atitude subserviente, que lhe confere um certo ar robusto, como se fosse uma senhora de muitos anos atrás.

Há homens que têm mulher. uma mulher que está em casa a hora que pode, às vezes chega antes dele, às vezes depois. Sua casa não é sua jaula nem seu fogão é industrial. A mulher beija seu marido na boca quando o encontra no fim do dia e recebe dele o melhor dos abraços.A mulher pode ser robusta e até meio feia, mas sua independência lhe confere um ar de garota,regente de si mesma.


Há homens que tem patroa, e mesmo que ela tenha tido apenas um filho, ou um casal, parece que gerou uma ninhada, tanto as crianças lhe solicitame ela lhes é devota. A patroa é uma santa, muito boa esposa e muito boa mae, tao boa que é assim que o marido a chama quando nao a chama de patro: "mãezinha"


Há homens que têm mulher. Minha mulher, Suzana. Minha mulher,Cristina.Minha mulher, Tereza. Mulheres que têm nome, que só são chamadas de mãe pelos filhos, que nao arrastam os pés pela casa nem confiscam o salário do marido, porque elas têm o dela. Nao mandam nos caras, nao obedecem os caras: convivem com eles.

Há homens que têm patroa. Vou ligar pra patroa. Vou perguntar pra patroa. vou buscar a patroa. É carinho, dizem. Às vezes, é deboche. Quase sempre é muito cafona.

Há homens que têm mulher. Vou ligar pra minha mulher. Vou perguntar pra minha mulher. Vou buscar minha mulher. Não há subordinação consentida ou disfarçada.Não há patrões nem empregados. há algo sexy no ar.


Há homens que têm patroa.

Há homens que têm mulher.
E há mulheres que escolhem o que querem ser.

Martha Medeiros

2 comentários:

  1. LÚ;
    simplesmente a minha cara, a sua cara...na verdade este texto reflete a historia de mulheres que desejam mais doque teempq o desejo da vida pra nós é sempre desejar maispraconquistar mais....
    bj grde

    ResponderExcluir
  2. Me separei há 7 anos e meu filho ficou morando comigo, na época ele tinha 12 anos. Há 2 anos tenho uma senhora que trabalha lá em casa e faz o serviço "grosso". Antes disto, eu fazia tudo em casa além de trabalhar e cuidar do filho. O que mais ouvi era que eu "precisava arrumar uma mulher para fazer estas coisas em casa!" Concordei e procurei uma empregada doméstica para isto.
    Uma relação não é subserviência e sim parceria. Desta forma eu vejo uma relação e concordo plenamente com o que escreveste. O grande problema é que as pessoas estão esquecendo uma coisa básica em qualquer relação, amizade ou outro tipo, que é o RESPEITO mútuo. Quero alguém para andar ao meu lado e não na minha sombra. Admiração e reconhecimento é tudo.
    Não canso de te dizer que gosto muito do que escreves e da forma que tu colocas a tua visão, me identifico muito. Bj grande.

    ResponderExcluir